http://www.viagememcena.com/wp-content/uploads/2012/02/viagem-em-cena-logo.jpg

Após os diversos conflitos e da aparente vitória dos egípcios na tentativa de dissolução do modelo ditatorial de governo de Murabak, nada melhor que falar sobre o universo turístico do Egito. Estive lá em novembro do ano passado e adorei a experiência. A capital  Cairo é uma cidade que, apesar de sua visível pobreza e sujeira, encanta por suas diferenças culturais e por suas fascinantes atrações.

Pirâmides e esfinge de GizéBem, vamos começar com as famosas pirâmides. Elas ficam a aproximadamente 40 minutos do centro da cidade. Imponentes e belíssimas, cercadas por um deserto não menos incrível e com uma linda esfinge completando o grande visual, elas são sem dúvida uma maravilha do mundo antigo e moderno. Não só pelo tamanho gigantesco que elas têm e pela precisão da obra, mas também pela sua história. Foram construídas para abrigar somente um faraó, cada uma delas, junto com seus tesouros. Pois é, eles acreditavam que precisariam de toda aquela riqueza depois da morte. Para as mulheres, ficavam as pirâmides pequenininhas em volta. Epara que isso pudesse acontecer, é claro que sobrou para os escravos. Essa maravilha é fruto de muitas mortes e sofrimento daqueles que as construíram. Mas até hoje ainda é muito difícil imaginar o processo de construção delas. Cada bloco de pedra que a integra pesa toneladas. Ainda um mistério.

Em um só dia fizemos, minha família e eu, um passeio com um guia, que por sinal, é ótimo e fala português. Fomos a Gizé, Memphis e Sakkara, onde está a grande pirâmide escalonada. A pirâmide escalonada foi a primeira a ser construída. Na verdade, nem era pra ela ser uma pirâmide. Foi construído apenas um bloco retangular para servir de sarcófago para um faraó. No entanto, conforme sua família foi morrendo, outros sarcófagos menores foram sendo construídos em cima dos maiores, formando – se assim a primeira grande pirâmide.

Memphis

Estátua do Faraó Ramsés II

Pirâmide escalonada

No segundo dia, fomos para o museu do Cairo, que abriga muito dos tesouros dos faraós e até mesmo suas múmias. Imperdível! Outro programa indispensável é a cidadela Salah El Din, com a grande mesquita Mohammed Ali. O complexo é lindo e serve de base militar.

Museu do Cairo Cidadela Salah El Din

No dia seguinte fomos à Alexandria. Uma cidade litorânea que abriga o antigo templo de Serapeum. Do templo não sobrou muita coisa não, mas é bem legal ver o que restou mesmo assim. Visite também a moderna biblioteca da cidade, famosa por sua arquitetura, a mesquita Abu al-Abbas al-Mursi, que é lindíssima e os palácios do antigo rei Faruk e o outro de suas mulheres. Mas aviso para as mulheres: Só vá de calça e ombros cobertos, senão eles emprestam algum usado deles que nem sempre é tão limpinho.

      Ruínas do templo de Cleópatra Palácio do antigo rei Farouk

Mesquita Abu Al-Abbas-al-Mursi Meninas muçulmanas

Informações importantes:

Roupas: Evite usar shorts ou blusas cavadas, mesmo os homens. Não recomendo, por experiência própria. Você se sente um alienígena ou uma garota de programa.

Cultura: Não ache estranho se você vir garotos juntos de mãos dadas o tempo inteiro. Não é que todos sejam gays, é porque é cultural mesmo.

Clima: Lá é bem quente e seco. Por isso, acho que a melhor época é no outono ou primavera. Fica mais agradável.

Formalidades: Brasileiros precisam de visto. Mas não se preocupe você pode tirar na chegada. Paguei somente 15 dólares. Porém é preciso estar devidamente vacinado contra a febre amarela.

Atrações: Não achei interessante entrar nas pirâmides. É apertado e não tem mais nada lá.

Compras: O Egito também é daqueles países em que negociar é uma regra. No entanto, tome cuidado. Não entre nas lojas sozinho, principalmente se for mulher. Eles podem te prender lá até você comprar alguma coisa.

Proximidades: Visite também Luxor, Aswan e Abu Simbel. Lugares magníficos, mas que eu não tive tempo de ir. Aproveite para fazer um cruzeiro entre as cidades.

Guia em português: Sabry Farouk. E-mail: sabryfaroukster@gmail.com Ele está no Facebook também.

Viciada assumida em viagens. Turismóloga, especialista em Jornalismo Cultural e doutoranda em Comunicação. Em suas andanças, sempre busca conhecer as diversas culturas e se encantar com os mais belos cenários.

Facebook Twitter  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...