http://www.viagememcena.com/wp-content/uploads/2012/02/viagem-em-cena-logo.jpg

Quando viajo gosto de entender um pouco mais sobre alguns costumes dos moradores. E um que me chamou bastante a atenção quando fui ao Atacama, no Chile, foi a homenagem aos mortos que eles fazem.

Homenagem aos mortos - AtacamaNo caminho de Calama, onde se localiza o aeroporto, até a cidade de São Pedro, avistei diversas casinhas na beira da estrada muito enfeitadas nos mais diversos estilos. Algumas feitas de cimento, outras só de tijolos, umas pintadas, outras com ornamentos religiosos, umas grandes, outras pequenas, enfim, havia casinhas para todos os gostos.

Como havia muitas delas, resolvi perguntar a um dos passageiros da van, que era chileno, o que elas representavam. Ele, muito simpático, me disse que era costume do povo da região, em especial, do Atacama, de enterrar seus entes queridos na estrada e homenageá-los com essas casinhas. Ao invés dos tradicionais cemitérios com seus túmulos mais padronizados, as casinhas assumem mais uma  função. A de enfeitar e colorir um pouco as estradas marrons do Atacama.

Dias depois, uma guia me explicou que nas curvas mais perigosas, onde há muitos acidentes de trânsito, a quantidade de casinhas é bem maior, pois muitas pessoas preferem enterrar seus parentes e amigos no mesmo lugar em que eles morreram. Dessa forma, a intensa quantidade de casinhas em alguns pontos serve também para alertar os motoristas sobre o grau de periculosidade do local.

Só fiquei um pouco chateada porque não consegui tirar muitas fotos desses pequenos túmulos. Quando eu passava nas estradas estava quase sempre em uma van com outros passageiros e eu não conseguia registrar com o mínimo de qualidade de imagem por causa da velocidade em que nós estávamos. Os que eu consegui não foram os mais bonitos e coloridos.

Achei muito interessante esse costume, pois além de revelar um pouco sobre a cultura local com a homenagem aos mortos, é ainda bem bonito. E como no Atacama espaço é o que não falta, não há uma poluição visual. Vivendo e aprendendo com as viagens, sempre.

Homenagem aos mortos - Atacama

Viciada assumida em viagens. Turismóloga, especialista em Jornalismo Cultural e doutoranda em Comunicação. Em suas andanças, sempre busca conhecer as diversas culturas e se encantar com os mais belos cenários.

Facebook Twitter  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Categories: Curiosidades
  • Thaís,
    Curioso. Essa é uma prática que é muito comum nas estradas do Nordeste 🙂
    Abraço,
    Jodrian

  • Puxa, acabei de saber por um comentário da fanpage. Soube que tem até um doc sobre elas. Engraçado que das vezes que fui ao nordeste nunca tinha avistado nada parecido.

  • Gostei! Quando eu for ao Atacama vou ficar atento, e bater foto desses túmulos. 😉

  • João, quando for ao nordeste ou a Minas também fique de olho. Descobri que essa prática é bem comum por terras brasileiras também. Bjos!

  • Aqui no Brasil tbm é comum ter homenagens, pelo menos aqui em SP, sempre tem várias cruzes beirando as estradas, principalmente quando vc desce pro litoral, certamente as pessoas não foram enterradas ali, é só uma forma de homenagem e tbm de alerta para os motoristas! 🙂

  • Oi Fabíola. É verdade, no Brasil também há muitos lugares que homenageiam os mortos dessa maneira. Lá eles enterram os corpos nos mesmos locais onde ficam as casinhas ou cruzes, mas o sentido é bem parecido. Infelizmente ainda não vi nenhuma por aqui, mas vou ficar atenta para tirar umas fotos.