http://www.viagememcena.com/wp-content/uploads/2012/02/viagem-em-cena-logo.jpg

Tendo como ponto de partida a cidade de Santiago, o foco da minha viagem era o famoso Deserto do Atacama. Minha vontade de conhecer o local aumentava a cada dia de planejamento dessa viagem exótica e tão popular entre os brasileiros. Reservei quatro dias para curtir a região e acho que foram suficientes. É claro que se tivesse muito tempo eu ficaria e aproveitaria mais do deserto mais árido do planeta. Porém, como precisava retornar à terrinha verde e amarela logo, separei este período em que foi possível fazer passeios bem legais. E como a distância da capital é um pouco grande, reservei esse post só com dicas de como chegar ao Atacama.

Dicas de passeios no Atacama

Como chegar ao Atacama

Deserto do Atacama

Para chegar até lá, quem parte de Santiago pode ir de duas maneiras, uma muito longa e outra bem mais rápida. A muito longa é de ônibus. Você pode optar por comprar um bilhete com a TurBus ou com a Pulman Bus, mas prepare-se para longas vinte e quatro horas de viagem, o veículo, porém, é bastante confortável e possui leitos e semi-leitos. Se você deseja ir de avião, então tranquilize-se, o percurso até Calama – cidade mais próxima com aeroporto – é feito em duas horas. Nesse caso, as empresas que fazem o trajeto são a Sky Airline e a Lan Chile.

Em Calama, você pode pegar um transfer coletivo feito por uma van saindo do próprio aeroporto que custa, em média, 10000 pesos chilenos por pessoa e te deixa no seu hotel. Uma alternativa é ir de ônibus com a Tur Bus até São Pedro, mas nesse caso, você irá pagar 2700 pesos chilenos por pessoa, além de pegar um taxi que custa aproximadamente 7000 pesos chilenos para ir do aeroporto até a rodoviária, localizada no centro de Calama. Preferi ir de van direto do aeroporto mesmo porque iria economizar tempo e a diferença de preço não era tão grande. Além disso, eu não teria que ficar andando com as malas em São Pedro até achar meu hostel. No entanto, se você estiver com tempo e em um grupo de três ou quatro pessoas, pode valer a pena ir de ônibus e rachar o dinheiro do taxi, economiza bastante assim. Mas fique atento, pois há diversos tipos de assentos disponíveis nos ônibus que variam de preço de acordo com o nível de conforto. Antes de ir para a rodoviária, é interessante comprar os bilhetes pela internet. O trajeto de Calama à São Pedro dura aproximadamente uma hora.

Um detalhe importante sobre a cia aérea Sky é que, para comprar o bilhete pelo site, é preciso clicar no link Brasil bem pequeno que fica abaixo da logo da empresa. Caso você não faça isso, será solicitado um documento chileno para a emissão do bilhete, impossibilitando a compra para nós gringos.

Deixo claro aqui também que a minha experiência com a cia não foi nada boa. Na volta de Calama para Santiago, o voo atrasou mais de seis horas e nenhuma explicação foi dada aos passageiros  nervosos que aguardavam no apertado saguão. A empresa sequer deu um lanche ou uma ajuda financeira para os clientes. Neste dia, houveram sucessivos atrasos da Sky e nenhum da concorrente Lan Chile. Por essa postura perante um problema grave, não recomendo o serviço da empresa. No entanto, a diferença de preços entre as cias é bastante significativo e, por isso optei pela Sky. Só que o “barato” me custou caro, um dia de passeio.

Aeroporto lotado por causa dos atrasos da Sky

Aeroporto lotado por causa dos atrasos da Sky

Avalio que o transporte interno no Chile é bastante caro,  as tarifas pesaram bastante no orçamento da viagem. A distância é longa, mas ainda assim não é justificável. Acredito que seja este um fator repulsivo para que mais turistas conheçam variadas regiões do país. No entanto, se você tiver a possibilidade de conhecer o Atacama, mesmo com esse fator negativo, saiba que todo o valor gasto será muito bem recompensado com as belezas incríveis que este peculiar deserto nos revela.

Viciada assumida em viagens. Turismóloga, especialista em Jornalismo Cultural e doutoranda em Comunicação. Em suas andanças, sempre busca conhecer as diversas culturas e se encantar com os mais belos cenários.

Facebook Twitter  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  • Oi, Thais.
    Estou planejando minha viagem pro Atacama para o primeiro semestre de 2014. Será que vc sabe mais ou menos a média de preços da passagem.

    Estou achando um pouco mais de R$ 2500 para 2 pessoas: RJ x Calama X Santiago x RJ. Queria saber se está na média ou melhor esperar por uma possível promoção.

    Outra coisa, tenho apenas 8 dias já tirando os 2 de ida e volta. Vc acha que dar pra passar uns 3 em santiago ou seria melhor só Atacama?

    Abraços

  • Oi Tatiane. Cote as passagens Rio-Santiago-Rio e Santiago-Calama-Santiago com a Sky ou Lan também. Fiz dessa forma e ficou beeeem mais barato na época, mas isso também depende das promoções que rolam. De qualquer forma, achei R$1250 por pessoa um preço bom, não é nenhuma super promoção, mas também não está abusivo. Tente reservar com uma antecedência de três meses, mais ou menos. Sugiro você ficar só um ou dois dias em Santiago, porque há muito o que ver no Atacama. Beijos!

  • Olá Thaís!
    Pretendo ir para Atacama no início desde ano e gostaria de saber, fora as passagem que imagino ser de maior valor, quanto em média se gastaria para as despesas como hospedagem e passeios? Grata!

  • Oi Lenice. Fiz um post sobre cada passeio que fiz no Atacama com os preços separadamente no final. http://www.viagememcena.com/category/destinos-turiscos/internacionais/chile/san-pedro-de-atacama/ Não achei muito barato não, mas valeram a pena. Foram todos ótimos. Em relação à hospedagem, o custo vai depender do seu perfil. Como fiquei em um albergue, achei o preço bom. Fiquei no Campo Base. Você consegue achá-lo na caixa de pesquisa do Booking.com que fica na barra lateral do blog. Bjos!

  • Ana

    Thais, tudo bem? Adorei as suas dicas e estou bastante empolgada para fazer minha viagem para Santiago e Atacama em Maio/Junho deste ano. Você acha melhor reservar com antecedência a hospedagem ou apenas quando já estiver no Chile. Estou calculando uns 1500 reais (500 dolares) para transporte, passeios e alimentação. Será que é um valor razoável? Obrigada!

  • thais_unirio

    Oi Ana, tudo bem. Que bom que curtiu o site. Costumo reservar os hotéis com antecedência para economizar, pois as tarifas balcão dos hotéis costumam ser mais caras. Em relação ao valor, acredito que você deverá gastar um pouco mais porque os passeios por lá não são muito baratos. Só que isso irá depender dos locais que você irá, do tipo de hotel, se conseguirá uma promoção de passagens. Coloquei os valores dos passeios que fiz nos posts. Dê uma olhada: http://www.viagememcena.com/category/destinos-turiscos/internacionais/chile/san-pedro-de-atacama/ Sugiro que você pesquise os valores para ter uma ideia e vá organizando tudo em uma planilha. Faço isso sempre para planejar bem os meus gastos. 😉