http://www.viagememcena.com/wp-content/uploads/2012/02/viagem-em-cena-logo.jpg

A cidade de Auckland é o ponto de partida para muitos turistas que visitam a Nova Zelândia, devido ao seu aeroporto funcionar como um hub, com muitas chegadas internacionais diariamente. E decidi seguir este fluxo também. Após enfrentar muitas horas de viagem, cheguei em Auckland já sendo muito bem recepcionada por uma grande escultura de um dos anões da terra média de Tolkien. Ótima cidade para desfrutar de bons restaurantes, relaxar e já entrar na atmosfera do país.

Auckland

Auckland

O ambiente bem urbano e cosmopolita de Auckland conseguiu me envolver, ainda que não seja essa a minha preferências em viagens. Costumo me apaixonar por áreas mais rurais e tradicionais, mas a cidade foi comigo tão acolhedora e interessante que já fui me envolvendo logo de início. Acredito que a presença de pessoas dos mais diversos países, a aparente organização dos serviços e a limpeza eficaz das áreas públicas tenha contribuído bastante para essa minha percepção. Atrelados a esses fatores, posso incluir as belezas naturais, os patrimônios edificados e a  educação e simpatia dos habitantes. Clima mais que agradável.

Auckland Auckland

Posso dizer que o ícone da cidade é a Sky Tower. O monumento arquitetônico é imponente, moderno e pode ser visto em diversos pontos. Parte integrante do complexo Skycity, que possui também hospedagem sofisticada, cassino e empreendimentos gastronômicos, a grande torre se tornou um cartão-postal. Para subir em seu veloz elevador, o ingresso custa 28 NZD, cerca de R$53,00, para os adultos, 11 NZD, cerca de R$21,00, para crianças a partir de 6 anos e é gratuito para as crianças mais novas. Mas, para a nossa alegria, apresentando a carteirinha de estudante, mesmo em português, a entrada tem 50% de desconto. Então aproveite!

Sky Tower

Da torre é possível ter uma visão de 360 graus da cidade a partir de suas duas plataformas. E o mais legal é que as paredes e o chão são de vidro, dando a estranha sensação de que você pode cair a qualquer momento. Para os amantes de esportes radicais, há o Sky walk e o Sky Jump. No primeiro você anda do lado de fora da torre em  uma estreita passarela, sendo segurado por uma corda. No segundo, você salta de lá de cima também com os instrumentos de segurança adequados. Para os românticos, há também lindos restaurantes lá em cima que proporcionam essa vista privilegiada.

Sky Tower

Outro lugar fantástico de Auckland é o museu memorial de guerra. Simplesmente um dos melhores museus que já fui. A arquitetura em si já é um atrativo, mas  seu interior abriga um acervo muito bem cuidado e disponibilizado de uma maneira bastante convidativa. Os objetos, muito bem preservados, te aproximam ainda mais da história do país e da cidade. A influência e participação Maori na cultura de todo o país, a história da guerra, a geografia, a fauna e a flora, tudo isso é muito bem descrito e transmitido aos visitantes. Adorei andar pela Auckland antiga recriada com sons, cenário e iluminação que relembram o período. E também amei a desesperadora experiência de entrar em uma sala que simulava o momento em que um vulcão entra em erupção. Como bônus, ainda consegui ver uma exposição temporária de fotografias de animais e plantas de diversos fotógrafos do mundo. Verdadeiros artistas retrataram uma vida selvagem resistindo e convivendo com o homem.

Museu de Auckland

Museu de Auckland

Bem pertinho do museu, há o jardim de inverno. O tom bucólico e a beleza das plantas contrastam com a magnitude do museu e tornam toda a área circundante muito agradável. Tanto que muitos moradores aproveitam o espaço para fazer atividades físicas, como caminhadas.

Jardim de inverno

A poucos quilômetros dali, o ônibus regular da cidade nos deixa na região de Mount Eden que abriga um vulcão. Auckland ao todo tem  mais de 50 vulcões, mas só fui neste mesmo e tive uma ótima surpresa. Antes mesmo de subi-lo curti o charmoso bairro, com suas grandes casas, restaurantes e bares. Fiquei pasma com a gentileza de algumas pessoas, como a do atendente de um bar que me ofereceu um delicioso muffin após eu ter comprado uma simples garrafa de água e ainda explicou com muita destreza e ajuda do google maps o caminho a pé até o topo do vulcão.

Mount Eden

Após uma subida leve, chegamos então ao Monte Eden e admiramos a cidade e um de seus vulcões inativos. O local é tão agradável que dá vontade de ficar por horas, fazer um piquenique, bater-papo, enfim, curtir o momento. O que é bem comum de se ver na Nova Zelândia. Várias pessoas, dentre turistas e moradores gostam de aproveitar esses locais públicos para relaxar e se divertir. Levam um lanchinho e também acabam economizando uma grana.

Mount Eden

Auckland, Nova Zelândia

O trajeto até o Mount Eden é bem fácil, independente da localização do seu hotel. Há diversos ônibus na cidade que circulam em uma alta frequência. E você sabe exatamente o momento que ele irá passar, pois há nos pontos uma placa digital com os horários de todas as linhas que passam por ali. E se você não sabe qual o ponto certo para descer, não há nenhum problema. Há nos ônibus uma tela com um GPS para te ajudar. Assim fica fácil, não é?

Auckland

E mesmo com um sistema de transportes tão moderno e de qualidade, flanar por Auckland pode ser uma opção muito mais legal, por vezes. É caminhando sem compromisso que achamos lugares maravilhosos nunca antes pensados. Foi assim que achei a loja Real Groovy na Queen st. Sabe aqueles itens meio nerds que você só acha que vai encontrar na internet? Pois é, eles estão nessa loja. Além de itens de decoração, papelaria, jogos e revistas inspirados em personagens famosos da cultura pop, há também uma variada seção de discos, CDs e livros diferentes e até mesmo raros.

Auckland Auckland

Auckland também está repleta de parques e jardins. Belas árvores, muitas flores, tudo em harmonia com as grandes avenidas e os altos prédios. Como toda grande cidade, há problemas urbanos já bem conhecidos nossos. A população de rua, engarrafamentos, altos preços. Porém, ao pesarmos na balança, as qualidades da cidade saem em grande vantagem em relação as desvantagens. Adorei conhecer e recomendo muito em um roteiro para a Nova Zelândia.

Auckland

Hospedagem: Fiquei no Kiwi hotel, na Queen street. Gostei bastante, barato, confortável e bem localizado.

* Agradeço à equipe de turismo do país, 100% Pure New Zealand, e ao Kiwi Hotel pelo apoio com os descontos oferecidos. Não foi acordado transmitir informações positivas sobre os estabelecimentos. Apenas as experiências e impressões pessoais estão sendo relatadas com transparência e veracidade.

Viciada assumida em viagens. Turismóloga, especialista em Jornalismo Cultural e doutoranda em Comunicação. Em suas andanças, sempre busca conhecer as diversas culturas e se encantar com os mais belos cenários.

Facebook Twitter  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...